A Confraria foi no mês passado ao RESTAURANTE SÃO JORGE, seguindo a tendência de visitar os locais que os descolados vão na hora do almoço, gente que não tem tempo a perder, mas que quer viver uma boa experiência gastronômica.

Tivemos a notícia que lá perto da lagoa do São Bento havia um assim e que ficava lotado para o almoço. Encontramos lá a simpática dupla, Angela Rache e Mário Augusto Baeta. Eles estão a frente do recém inaugurado restaurante escola, São Jorge, a casa do Santo Guerreiro.

A cozinha é localizada bem no centro do restaurante, onde os clientes acompanham a produção do prato que será servido dali a algum tempo. Eles acreditam que preparar um prato é uma arte e o cliente deve ver tudo o que acontece. Explicam que o ato de cozinhar tem um grande valor artístico e deve ser feito com paixão.

O chef tem vários planos para o restaurante, criar um Restaurante Escola com formação para os novos chefs. Projeto ambicioso que eles prometem cumprir.

São duas opções de cardápio. Inicie com uma salada, ótima caprichada, colorida e excelente molho, segue o prato principal, comemos um lombinho de porco divino, refeições muito bem apresentadas, honestas, sobremesas tão boas quanto.

Lugar agradável, pequeno, rápido, preço justo, bom toilete.

Cada uma desembolsou R$ 30,00. Ainda temos a opção de levar para casa, géleias e um delicioso bolo de castanhas que a receita é segredo de familia, como diz a proprietária, Angela Rache.

Av. Arthur Bernardes, 202
Telefone (31)2552-8673