O chocolate tem um rostinho especial no inverno. Quando a temperatura está mais baixa, dá mais vontade de comer. A delícia aumenta a produção de serotonina e libera endorfina, dando sensações de prazer e aliviando aquela falta de ânimo típica invernal.image

Quem trabalha nas ruas vendendo chocolate, só tem a agradecer. É o caso do foodtruck Cadê Meu Brigadeiro, que nessa época do ano recebe mais demanda do que nos outros meses. “Além do menu de brigadeiros, temos também um especial chocolate quente que só oferecemos agora e faz o maior sucesso. Tem borda de nutella, não dá para resistir”, conta Mônica Gallan, sócia do negóc chocolate nas ruas não é exclusividade de quem é especializado no assunto. A Crepioca, carro que roda a cidade oferecendo tapiocas e crepes, também vê aumentada a venda dos produtos que levam chocolate. No menu, tem crepe ou tapioca (com massa à escolha do cliente) de Prestígio, com chocolate e coco.

imageE a de Ganacheloko, que faz um mix de creme de chocolate com fruta da estação. “As pessoas pedem mais crepes doces quando está frio. Além de gostoso, dá energia e aquece o corpo”, diz Luciano Nery, à frente do Crepioca.

Mistura inusitada também faz sucesso. Que o diga o Só Coxinhas, foodruck que vende coxinhas que são conhecidas cidadeafora. E tem doce, uma delas é recheada de nutella, o amado creme de avelãs com cacau e leite. “Não sei se é o frio, mas cada vez tem mais gente vindo, às vezes só para tomar um nespresso com mini coxinha de nutella”, explica Tati Giacoia, sócia do negócio.image

Para provar as delícias com chocolate oferecidas nas ruas da cidade, basta acompanhar a agenda das plataformas sobre rodas nas redes sociais.

Serviço
www.instagram.com/socoxinhasfoodtruckbh
www.instagram.com/crepiocafoodtruck
www.instagram.com/cademeubrigadeiro

 

Fonte: Chris Martins
Oui Chérie Assessoria