Essa é uma típica tradição natalina para os franceses. 

É o famoso tronco de natal, que agora vem em várias versões.  Todas as lojas francesas em Paris entram na disputa e fazem cada um mais lindo do que o outro.

Na antiquidade os celtas e os saxões celebravam o Yule, cujo símbolo é a Deusa que fornecendo a luz ao Deus do Sol, que traz calor e fertilidade a Terra. O tronco simbolizava a vida que aquecia a lareira nas noites frias.
Seguramente, a maior parte das simbologias e tradições do nosso Natal tem origem nessas culturas, tais como as cores verde e vermelho, esses troncos de natal, as guirlandas, e os pinheiros enfeitados, dando votos de saúde a todos.

Os Bûche de Nöeltradicionalmente eram recheados com creme de manteiga sabor café ou chocolate.
Entretanto, nos últimos anos, o tradicional bolo vem com novidades na forma, no recheio e no sabor do bolo.

Neste final de ano, as principais lojas especializadas em doces e chocolates da alta gastronomia  apresentam boas novidades.

A Lenôtre associou diferentes celebridades para assinar os seus troncos. Tiveram Paul Guerlain, Phillippe Stark, entre outros. 

Em 2010 Lacroix assinou os bolos. Baseado nos desenhos e na inspiração do artista, os pâtissiers da casa francesa realizaram a saborosa criação: um bûche provençal, original em sua forma e tradicional no recheio.

Ele leva croustillant de frutas secas, mousse de torrone tenro, marmelada de damasco com baunilha Bourbon de Madagascar e biscuit cuiller (palitos franceses, semelhantes ao biscoito inglês), embebido no sirop d’orgeat (xarope de amêndoas).

A Maison du Chocolat comemora seus 20 anos de existência da marca em Nova York, e apresenta uma bûche de forma cônica que representa a imensa árvore de Natal do Rockefeller Center, um dos 
símbolos da cidade americana, mostrada na foto abaixo.

Disponível a partir de 10 de dezembro, nas boutiques da marca, também em série limitadíssima. Um luxo: só 25 exemplares. Aguardem a receitinha, dará tempo para fazer antes do natal.