Parece que a onda começou a cerca de 1 ano ou 2 com o brigadeiro.

E veio pra ficar.image

O doce ganhou nova apresentação ao ser servido nas festas.
Vinha dentro de copinhos descartáveis, com colherzinhas enfeitados não só com granulado, mas com outros confeitos.image

De lá, pra cá, a novidade virou febre, pois já dominava o mundo gastronômico com as receitas salgadas servidas dessa maneira, porém com mais requinte em copinhos de cristais, taças, xícaras de porcelanas e colheres de prata.image

image

As receitas sofisticadas ganharam assim um novo glamour na forma apresentada.

Os chefs gabaritados se arriscam a preparar copinhos de todo tipo em receitas elaboradas com ingredientes nobres como bacalhau, queijo de cabra, cogumelos, minirisotos, guacamole, ceviches, saladas, sopas e molhos imaginativos.image

Vale tudo, desde que a apresentação surpreenda.
Tem que agradar aos olhos e ao paladarimage

Para o ramo de buffet, essa mania veio a calhar e inovar.
As receitas são feitas em porçoēs miúdas, ficam enfileirados nas bandejas com gostinho de quero mais além da praticidade de servir, e de segurar pra quem está em pé.image
Aos poucos vai substituindo os pratos em festas.

Também essa novidade foi tomando conta das mesas de restaurantes, com forte presença nas entradas, sobremesas e nos menus de degustação.image

Essa forma de servir foi batizada de ‘verrine”que em francês verre significa copo.

Através do vidro translúcido, apreciamos as camadas de cores, texturas e até temperaturas diferentes.image

A graça é introduzir a colher no sentido vertical e provar assim todas as camadas.image

Chic não!!!

Eu adoro e já aderi nos almoços de sábado.image

E você ?