Este petisco é muito pedido e acompanha bem uma bebida gelada no verão!

O Edamame cozido é impossível de comer um só.Unknown

O que é? Esse grão nada mais é do que a soja verde, ou seja, a soja não madura, ainda dentro da vagem. Parece uma ervilha torta e é super fácil de preparar e encontrar.

Você encontra no supermercado na parte de congelados.

Fui pesquisar e vi que o edamame.

Edamame-II

É muito simples preparar essa delícia. Basta ferver a água na panela com sal, enquanto tira a vagem do freezer e deixar na água por  5 minutos  prontinho pra comer.

Se estiver em natura, polvilhe o sal nelas e vá dando uma amassadinha para tirar os pelinhos que são inconvenientes. E assim, o sal vai penetrando na fava. Calcula 400 grs de fava, 2 colheres de sopa de sal, e despeje tudo na panela com água fervente.Unknown-1

 

Ah! Só não se esqueça de tirar a casca na hora de comer. É quase como comer uma pipoca, só que mais saudável.

Outro jeito bacana de aproveitar o grãozinho verde é mistura-lo à saladas e você ir descobrindo essas “surpresinhas” no meio das folhas. Agora para quem prefere uma textura diferente, fazer um patê pra acompanhar aquela torradinha feita em casa é uma ótima opção.

Benefícios do Edamame

images

Muito além da praticidade, assim como a soja madura, é rica em isoflavonas, que auxiliam a mulher a enfrentar os efeitos colaterais da menopausa e também previnem contra doenças cardiovasculares. O edamame ainda ajuda no aumento do colesterol bom e diminuição do colesterol ruim. Rica em proteínas e pobre em carboidrato, assim possui um valor calórico bem baixinho, 120 kcal a cada 100 gramas.images-2

Quer ouvir um benefício inesperado? O edamame também contribui na recuperação daquela ressaca do final de semana ou do happy hour. Isso mesmo, rica em metionina, um antioxidante que, com ajuda das vitaminas A, B1 e C atuam no fígado auxiliando a decompor o álcool e a restaurarem o órgão.

images-1Ou seja, ela é o aperitivo perfeito. Mas por favor, não vamos abusar do grão e muito menos da cerveja. E cuidado para não perder a mão no sal, hein?!

Que tal experimentar? Mal não vai fazer, certeza!

Fonte: ‘Entre legumes e verduras’